sábado, 19 de janeiro de 2013

Os 10 mandamentos da Boa Fertilidade


1- Evite o tabagismo
O fumo prejudica o desenvolvimento dos óvulos e espermatozóides dificultando a concepção, aumenta a chance de abortos e pode causar menopausa precoce.

2- Evite bebidas alcóolicas
O álcool afeta o funcionamento dos ovários, além de provocar alterações profundas nos espermatozóides e aumentar o risco de abortamentos.

3- Realize atividades físicas
A boa manutenção da forma física permite uma melhor ovulação. Quem realiza atividades físicas engravida mais e com mais saúde.

4- Mantenha uma boa alimentação
Alimentos saudáveis combatem os radicais livres e permitem uma melhor ovulação e produção de espermatozóides.

5- Evite uso de drogas ilícitas
Consumir drogas leva a uma queda na qualidade da produção de óvulos e espermatozóides.

6- Não use medicações que não conhece
Diversas medicações podem diminuir a capacidade reprodutiva, além de poderem provocar malformações fetais.

7- Combata o estresse
Qualidade de vida é fundamental para uma boa saúde reprodutiva, estresse impede e dificulta a ovulação, aumenta os riscos de abortamentos, além de diminuir a libido.

8 - Mantenha bons hábitos sexuais
Comportamentos de risco levam a uma maior exposição a infecções e doenças que diminuem a fertilidade, usar o preservativo pode evitar o contágio de doenças sexualmente transmissíveis.

9- Controle o peso
O sobrepeso e a obesidade causam alterações hormonais e dificultam a ovulação. Os espermatozóides têm sua qualidade diminuída também. A anorexia nervosa também afeta a fertilidade. Uma dieta equilibrada pode manter o peso e ajuda a manter a saúde reprodutiva.

10 - Não posterge muito a gravidez
Após os 35 anos a qualidade de óvulos piora rapidamente, acentuando-se após os 40 anos. Homens também apresentam piora da qualidade dos espermatozóides com o envelhecimento. As chances de malformações fetais aumentam, assim como a de abortamentos.