quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Preservação da Fertilidade: Qual o momento ideal para congelar óvulos?

Nas últimas décadas a idade média das mulheres ao ter o primeiro filho vem avançado significativamente. Para se ter um ideia, em 2006, 01 a cada 12 mulheres tinham seu primeiro filho aos 25 ou mais anos, em 1970 a proporção era de 1 pra cada 100 mulheres, ou seja, 99 mulheres em 100 tinham filhos antes dos 25 anos.

Esse atraso em conceber vem provocando o aumento da infertilidade ligada ao fator idade. Os tratamentos de reprodução assistida (fertilização in vitro) podem apenas, parcialmente, resolver a infertilidade ligada a idade, entretanto a criopreservação de óvulos pode resolver esse problema facilmente. O congelamento de óvulos pode proteger a mulher contra o declínio da fertilidade relacionado à idade.

Algumas perguntas ainda não têm uma resposta definida e a principal é: Qual a idade ideal pra se congelar óvulos?

Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte, nos EUA, idealizaram um modelo teórico, para tentar prever os efeitos futuros do congelamento de óvulos como forma de preservação da fertilidade. Esse estudo foi publicado em junho de 2015, na Fertility and Sterility, a publicação da Sociedade Americana de Medicina Reprodutiva.

Por esse modelo, as maiores probabilidades de nascimentos de crianças vivas e saudáveis ocorreria se a criopreservação de óvulos ocorresse entre os 25 e 30 anos e ainda mais, a probabilidade de nascimentos com óvulos congelados aos 40 anos seria praticamente zero.

Logicamente, este é um modelo teórico, e somente o futuro nos dirá qual a melhor opção de idade para o congelamento. Leve-se em conta que aos 25 anos ainda é bem cedo para que a grande maioria das mulheres tenha essa preocupação, mas é interessante que o limite máximo seja por volta de 35 anos, visto que, após isso a fertilidade cai muito rapidamente. 

Para se ter uma ideia, empresas, como Apple e Facebook, têm estimulado o congelamento de óvulos entre suas funcionárias, com benefícios financeiros que chegam a 20 mil dólares. Pensar em criopreservar óvulos é algo extremamente importante para quem quer ser mãe após os 35 anos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário